Sobre expectativas. Quais são as suas?

Tempo de leitura: 1 minuto

Olá, tudo jóia?

Você já ficou esperando algo que não veio? Pode ser uma visita, uma situação ou até um convite e não veio? Como você se sentiu?

É frustrante pra todo mundo, quando isso acontece, não é? Eu estava conversando com uma amiga na terça feira de carnaval e ela estava muito chateada com uma situação familiar, a respeito de expectativas.

Ela esperava que o irmão dela ao menos convidasse ela pra ira almoçar na casa dele, uma vez que ela mora longe dele, e esse convite nunca veio. Por que isso acontece?

Em nossos processos internos, acabamos assumindo que o outro terá a mesma postura que você teria em uma determinada situação, olhamos para ele, esperando que em uma determinada situação ele se comportasse da mesma maneira que nós nos comportaríamos.

Embora seja dura essa realidade, estamos errados em assumir isso. O outro (e esse outro pode ser mãe, pai, irmão, colega, amigos) nunca irá agir da forma que você acredita que iria e porquê?

Temos a péssima mania de projetarmos nele (outro) o que nós mesmos faríamos naquela situação, ou seja, de ele agir, como nós mesmos o faria.

E ele (o outro) está errado? Claro que não, ele não enxerga a vida como você, ele não tem os mesmos valores que você tem, a maneira de como ele vê o mundo pode ser totalmente diferente da tua.

E nós, como ficamos? A melhor maneira de não sentir-se frustrado é praticar o DESAPEGO.

Praticar o desapego não significa abrir mão de tudo o que é importante para nós, rompendo vínculos afetivos ou relacionamentos pessoais com aqueles que fazem parte do nosso cotidiano.

  “Desapego significa saber amar, apreciar e se envolver nos relacionamentos com uma visão mais equilibrada e saudável, libertando-se dos excessos que o prendem”

 

Fico por aqui. Forte abraço

Denis Mazini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *